Gente…bom dia sobrinhos lindos….Nas minhas caçadas pela net, me deparei com essa casa, no topo do mundo…srsrsr…Com todo meu respeito, apesar de minha religião ser outra, mas, Deus é um só…Trouxe para vocês a história deste monge que mora sozinho, lá na torre mais alta, no reino tão, tão distante…..

Maxime Qavtaradze mora, literalmente, perto dos céus. Aos 59 anos de vida é um monge que vive no topo de uma coluna de pedra na Geórgia , escalando uma escada de 131 pés , a fim de sair e entrar sua eminente casa, informa a CNN .

Fotógrafo Amos Chapple subiu o precipício para fotografar sua vida lá .2

A coluna tem cerca de 40 metros de altura…

A Coluna Katskhi tem sido venerada pelos habitantes locais da área , embora ela fosse desabitada desde por volta de 1400. Quando alpinistas subiram pela primeira vez em séculos, em 1944, eles encontraram as ruínas de uma igreja e com 600 anos de idade, os ossos do último Stylite que viveu lá.

A tradição Stylite acreditam que possa ter começado em 423 quando São Simeão, o Velho subiu um pilar na Síria, a fim de evitar as tentações mundanas, mas a prática desde então tem caído em desuso. No entanto, Qavtaradze é um devoto moderno. Embora isolado, ele não é um eremita total, o que vem para baixo uma vez ou duas vezes por semana para aconselhar os jovens problemáticos que vêm ao mosteiro na parte inferior pedir por sua ajuda. Afinal, ele uma vez já foi um deles. Embora ele agora vive no topo do mundo, Qavtaradze encontrou sua vocação quando ele era o menor que já existiu, fez de tudo como qualquer homem comum. Ele tomou os votos monásticos em 1993, e tem vindo a trabalhar para reconstruir o complexo do mosteiro, capela e ermida nos últimos quinze anos, de acordo com os criadores de “A Stylite”, um documentário sobre Qavtaradze e de sua comunidade.

1

“Qavtaradze examina a vista do topo do pilar Katskhi . Ele diz: ” É aqui , no silêncio que você pode sentir a presença de Deus .

 

6

Qavtaradze faz a subida de 20 minutos para o topo da rocha , depois de orar com os outros no mosteiro no sopé da falésia . Uma vez que ele for muito frágil para usar a escada , ele pretende permanecer no topo até sua morte.

13f Na base do pilar encontra-se uma capela em homenagem a São Simeão, considerado o primeiro Stylite,jovens problemáticos se reúnem aqui para encontrar ajuda , e são obrigados a rezar por cerca de sete horas por dia , a fim de permanecer nesta comunidade religiosa.

16

Qavtardze mantém a sua casa de campo simples. Embora a casa possa ser humilde , a vista é certamente enorme…


17

Pôr do Sol no pilar em uma noite clara.

Para mais informações, ver o trailer de “The Stylite “, um filme independente dirigido por Stephen Riehl em https://youtu.be/xPUs5G4qBFg

Fonte: http://www.huffingtonpost.com/2013/09/19/katskhi-pillar-monk-georgia-maxime-qavtaradze_n_3950192.html

Gente….muito interessante né…Esse post vai pra uma nova categoria que vai ter aqui no blog…que são casas esquisitas, estranhas, diferentes ou alternativas…Morando Diferente..

Beijocas

Por Anna Nova

 



 


		
Anúncios