planting-780736_1920.jpg

Foto: Jill Wellington/ EUA

Sobrinhos…vamos descobrir hoje as ervas aromáticas, aquelas folhinhas que sem elas, as nossas comidinhas não teriam graça nenhuma…Uma comida perfumada faz aguçar nossos sentidos…

As ervas aromáticas também são chamadas de ervas-de-cheiro, normalmente têm as folhas pequenas, por ter aromas singulares são muito utilizadas na culinária do mundo todo…São infinitas essas ervas….Além disso, a maioria das ervas têm propriedades medicinais, sendo muito utilizadas no combate à diversas doenças…

Vou listar as mais comuns, mais conhecidas…e suas combinações com os alimentos…

→ Coentro: Aroma marcante.

Originário do Oriente Médio, muito utilizado na cozinha mediterrânea, os povos antigos, inclusive os egípcios utilizam o coentro como planta medicinal. Os ácidos orgânicos encontrado nesta erva ajuda a diminuir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom (HDL), atua também como agente anti-séptico e anti-fúngico natural, sendo ótimo pra saúde bucal. Muito utilizada aqui na cozinha do nosso norte e nordeste, usado principalmente em carnes, peixes, aves e cozidos…Muitas pessoas costumam não utilizá-lo em suas preparações pois, acreditam que o coentro rouba o sabor dos outros alimentos…

→ Cebolinha: Sabor suave da cebola.

Originária da Europa, muito utilizada em Portugal, principalmente na preparação de pratos com ovos e queijos. Uma substância encontrada na cebolinha é a niacina, que estimula o apetite e deixa a pele mais bonita. Aqui no Brasil é utilizada em diversas receitas: molhos, refogados, massas, patês, caldos e na finalização e decoração de pratos…Faz uma ótima parceria com a salsinha formando o famoso cheiro-verde…

→ Hortelã: Menta.

Originária da Europa, mas, cultivada em todo mundo. As propriedades desta erva é útil contra o enjoo e a náusea, tratando também problemas digestivos, pois, possui efeito relaxante sobre o estômago. Seu óleo também é utilizado nas preparações cosméticas, xaropes de efeito broncodilatador, prevenindo algumas doenças alérgicas e na aromaterapia. A hortelã é utilizada na culinária para aromatizar principalmente doces, sucos e chás.

→ Manjericão: Sabor refrescante.

O manjericão também é conhecido como Alfavaca, Originário da Ásia e África. Suas propriedades medicinais são muitas como, diurético, antibacteriano, anti-inflamatório e alto índice de antioxidantes combatendo os radicais livres. Na cozinha é utilizado na preparação de molhos, saladas, patês, sucos, doces e queijos. Sugere-se para manter o frescor e sabor, ser adicionado por último na receita…

→ Salsinha: Amiga da cebolinha.

Originária da Europa, também conhecida como Salsa. A salsinha ou salsa, é rica em vitaminas, cálcio e potássio, auxilia em inflamações nas mucosas e membranas e no combate à infecções. Na nossa cozinha, usa-se a salsa em quase qualquer prato salgado ou não. Muitas pessoas usam a salsa somente como enfeite, mas, com tantos nutrientes assim, besteira não acrescentá-la em nossas comidinhas…

→ Erva-Cidreira: Aroma suave.

Nativa da Europa, também conhecida como Melissa, ou Capim-limão. Suas propriedades benéficas são várias, mas, principalmente usada como calmante natural, ajudando na indução do sono. Na culinária é utilizada em chás, temperos de aves, saladas e peixes. Se você estiver muito nervoso, prepare um chá desta erva…e relaxe…

→ Erva-Doce: Aroma agradável

Originária no Mediterrâneo, muito usada por povos antigos como, gregos, romanos e egípcios. Mas, hoje é cultivada em vários lugares do mundo. Também conhecida como funcho ou anis. Amplamente utilizada na indústria cosmética, por, seu perfume suave e agradável. Melhora a aparência de pele e cabelos. Na cozinha seu uso se dá principalmente na preparação de bolos, doces e chás…

→ Orégano: Aroma de pizza, kkk

Nativo do Mediterrâneo. Rico em polifenóis, possuem ações antissépticas, anti-inflamatórias e auxiliam na perda de peso. Nós brasileiros, costumamos utilizar o orégano com as folhas secas, mas, o óleo e as folhas frescas, servem para temperar saladas e na preparação de pratos salgados…Nunca deixe uma pizza de mussarela sem orégano, é quase um pecado…kkkk

→ Sálvia: Aroma refrescante

Originária no Egito Antigo, utilizada para espantar o mal e ajudar na fertilidade feminina. A sálvia é cultivada em quase todos países do mundo. Possui ação calmante sobre o trato intestinal, e na eliminação de gases, diminuindo a famosa barriguinha. Por possuir um sabor delicadamente apimentado é comum na cozinha ocidental usar a sálvia em marinadas, aves, carne de porco e molhos…

→ Alecrim: Aroma forte

Originário do Mediterrâneo, esta erva é utilizada até os dias de hoje, como incenso desde a Antiguidade, por alguns povos e religiões. Auxilia no combate a tosse e no processo de digestão, por possuir efeitos carminativos. É usado na cozinha em formas de chás, e no tempero de aves, carne de porco, carnes vermelhas, vegetais assados, carnes de carneiro e cabrito, conferindo um perfume único…

Galera…essas são algumas das ervas aromáticas que eu conheço e faço uso, mas, como disse no começo são inúmeras, então, descubra os aromas que mais te agradam e façam uso, pois com certeza, os pratos ficam mais especiais…

 

Por Anna Nova

Outras fontes: wikipédia.

 

 

 

 

 

Anúncios